Pensações

Pensações

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Primavera sem flores

No verão
Te esquentaria, com a sagrada permissão
Mais que a grande estrela

Quando no outono
Pintaria todas as secas folhas
Para, simples, te alegrar

O meu corpo seria escudo
Para que o vento frio do inverno
Suave brisa se tornasse

Viva a primavera!
Fui colher todas as flores para você me enfeitar
Procurei no campo...
Na relva...
Nos parques...
Nos jardins...
Nos quadros de Monet...

Até nas lágrimas que por vezes regam...
Mas elas, as flores, não estavam lá.

5 comentários:

Anônimo disse...

E o que vai fazer amiga? Onde mais vou procurar?

Carolyne Oliveira disse...

nossaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!arrasou, Polly. maravilhoso o texto. bjos

paloma disse...

muito lindo! bju bju

Anônimo disse...

mais uma vez me surpreendo com sua sensibilidade um grande abraço de seu fã marcelo péu


marcelovmagalhaes@hotmail.com

Pollyane Schenato disse...

Péu,

Fico tão feliz quando me lê, me escreve...tanta saudade...
Perdi seu número, tanta coi sa pra falar...

Beijo, beijo, beijo, beijo, milhões...